top of page

Eduardo Paes vai à plenária da LIESA e anuncia a volta dos ensaios técnicos à Sapucaí

“Contem conosco. Temos uma responsabilidade grande pela frente, um compromisso com a nossa Cidade, o Estado e o País. Precisamos reverter este quadro de dificuldades e, juntos, fazer um grande espetáculo, que honre as tradições no nosso Carnaval! É o que peço aos senhores.”


As palavras são do Prefeito Eduardo Paes que esteve, na noite desta segunda-feira, 24, na reunião plenária da LIESA, na Cidade do Samba. O prefeito resolveu comparecer pessoalmente à presença dos dirigentes das Agremiações do Grupo Especial para explicar os motivos sanitários e financeiros que o levaram a decidir pelo adiamento da Maior Festa do País para os dias 22, 23 e 30 de Abril, quando serão realizados os desfiles oficiais do Grupo Especial, no Sambódromo.


O Prefeito estava acompanhado por uma comitiva integrada pelos secretários municipais de Planejamento e Fazenda, Pedro Paulo; da Juventude, Salvino Barbosa; a presidente da Riotur, Daniela Maia; o vice-presidente, Bruno Mattos; e o diretor de Operações, Rafael Bandeira. Foi a primeira vez que Eduardo Paes visitou o plenário que leva o seu nome, inaugurado no prédio administrativo da Cidade do Samba, em 19 de agosto. A comitiva do Prefeito foi recebida pela diretoria da LIESA e os presidentes das Agremiações.



Em nome da Diretoria da LIESA, o presidente Jorge Perlingeiro, agradeceu a visita do Prefeito e de sua comitiva

Adiamento foi a melhor decisão


O presidente da Liga, Jorge Perlingeiro, convidou o prefeito para compor a Mesa, acompanhado pelo secretário Pedro Paulo e a presidente da Riotur, Daniela Maia. Em nome da Diretoria, Perlingeiro manifestou a alegria de receber o Prefeito, explicando os motivos que o impediram de comparecer anteriormente. Paes agradeceu a homenagem, dizendo-se orgulhoso por emprestar o seu nome ao auditório onde são debatidos os assuntos da Maior Festa Popular do País, da qual é um grande admirador.


O Prefeito explicou que, diante das dificuldades causadas pelo avanço da pandemia, que também provocou a retração do mercado, o adiamento dos desfiles foi a melhor decisão. “Foi a forma de preservar a saúde dos sambistas, do público e a economia dos parceiros que investem na festa” – destacou, explicando que, com o declínio das estatísticas da doença esperado para as próximas semanas, Prefeitura e LIESA poderão se concentrar na produção de um grande desfile – “um dos melhores de todos os tempos, se Deus quiser!”, frisou.



Presidentes, diretores das Agremiações do Grupo Especial e da LIESA lotaram o plenário para ouvir as palavras do Prefeito

Obras no Sambódromo não param


Paes explicou que as obras de recapeamento da pista e instalação do novo sistema de escoamento de águas pluviais do Sambódromo já entraram em sua fase final. Ressaltou que haverá tempo para trazer de volta os ensaios técnicos na Passarela, reunindo as Agremiações dos Grupos Especial e da Série Ouro, durante seis ou sete finais de semana, de março a abril.


Garantiu que as Escolas continuarão recebendo os repasses da Prefeitura, o que lhes permitirá manter o quadro de funcionários que vêm trabalhando com afinco nos barracões da Cidade do Samba e nas quadras de ensaios.



Os diretores Pedro Gomes, de Finanças, Gabriel David, de Marketing, o Vice Hélio Mota, e o presidente da LIESA, Jorge Perlingeiro, ao lado de Bruno Matos, Vice-Presidente da Riotur, deram sequência à plenaria

Ingressos terão validade para Abril


Logo após a saída da comitiva do Prefeito, a reunião plenária da LIESA teve prosseguimento. Com a Mesa agora integrada pelo vice-Presidente e Diretor Comercial Hélio Mota; o Diretor de Marketing, Gabriel David; e o Diretor Financeiro, Pedro Gomes, além de Perlingeiro, foram tratados diversos assuntos internos, ligados ao adiamento do desfile.


Um deles foi antecipado pelo Coordenador de Julgadores, Júlio César Guimarães, que anunciou o adiamento do Curso de Julgadores, anteriormente marcado para começar naquela mesma segunda-feira, para o final de março, com datas ainda a serem confirmadas.


Hélio Mota informou que a Liga já procurou o Procon-RJ para estudar uma forma de atender aos compradores de ingressos que não poderão estar no Rio em abril. Gabriel David acrescentou: “O Prefeito garantiu os desfiles não só aqui como na nossa última reunião, no Palácio da Cidade. Dia 20 de abril começam os desfiles de 2022. Todos os ingressos comprados são válidos para as novas datas. Os pedidos de informação na Central de Vendas da LIESA de pessoas que não poderão comparecer nas novas datas tem sido um percentual mínimo”- explicou.



O prefeito Eduardo Paes posou ao lado da placa que leva o seu nome e agradeceu à homenagem da LIESA

(Texto: Cláudio Vieira - Fotos: Henrique Matos/ LIESA)

Comentários


bottom of page