top of page

Beija-Flor escolhe o samba que defenderá a voz do povo e as lutas de sua comunidade


A comunidade de Nilópolis vibrou, já nas primeiras horas desta sexta-feira, 21, quando o presidente da Beija-Flor, Almir Reis, subiu ao palco para anunciar o samba que terá a responsabilidade de defender na Avenida o enredo “Brava Gente! O grito dos excluídos no bicentenário da Independência”. Venceu a composição assinada por Leo do Piso, Beto Nega, Manolo, Diego Oliveira, Julio Assis e Diogo Rosa.


O presidente da LIESA, Jorge Perlingeiro, compareceu à quadra da rua Pracinha Wallace Paes Leme, sendo recebido pelo presidente de honra da Beija-Flor e grande benemérito da Liga Independente, Aniz Abrahão David, e seu filho, Gabriel David, diretor de Marketing da LIESA e ex-conselheiro da Escola.


O vice-presidente da LIESA, Hélio Motta, e o diretor de Carnaval, Elmo José dos Santos, também prestigiaram o evento, levando o seu abraço ao presidente da Agremiação, Almir Reis. O presidente da Riotur, Bruno Mattos, e o presidente da Vila Isabel, Luiz Guimarães, juntaram-se ao grupo.


A festa começou cedo, com a coroação de Lorena Raíssa, a nova rainha de bateria da Azul e Branco. Ela foi recebida com muito carinho pelos mestres Plínio e Rodney, e os ritmistas da Escola de Nilópolis.


O mestre-sala Claudinho e a porta-bandeira Selminha Sorriso também participaram da cerimônia de coroação. O diretor de carnaval, Dudu Azevedo, destacava a grande responsabilidade para o Rio Carnaval 2023: “Precisamos corrigir as falhas que nos deixaram em segundo lugar para retornar ao lugar mais alto do pódio” – comentou.


Foi com muita alegria que diretores, componentes e torcedores receberam a novidade anunciada elo intérprete Neguinho da Beija-Flor. Ele revelou que a Azul e Branco contará com o reforço da cantora Ludmilla no carro-de-som. E ela, com os cabelos pintados de azul, já fez a sua estreia, ajudando a cantar o samba vitorioso.


A Beija-Flor de Nilópolis será a quinta Agremiação a se apresentar na Segunda-Feira de Carnaval, dia 20 de fevereiro. O enredo foi criado e está sendo desenvolvido pelos carnavalescos Alexandra Louzada e André Rodrigues, e se propõe a defender as lutas diárias do povo brasileiro.



(Com informações da Assessoria de Imprensa da Imperatriz – Fotos Henrique Matos/LIESA)






תגובות


bottom of page