MENU

Acadêmicos do Salgueiro

Bandeira da Acadêmicos do Salgueiro

Biografia

Criado no Morro do Salgueiro, a Acadêmicos do Salgueiro foi fundada em 5 de março de 1953, a partir da união das escolas Depois Eu Digo e Azul e Branco. Possui nove títulos de campeã do Grupo Especial do carnaval carioca e é carinhosamente apelidada de “Academia do Samba”.

Ao convidar artistas de formação acadêmica para confeccionar seus desfiles, a escola revolucionou a estética do Carnaval carioca. Alguns dos mais importantes carnavalescos iniciaram a carreira na agremiação, entre eles Arlindo Rodrigues, Rosa Magalhães, Lícia Lacerda, Maria Augusta, Renato Lage, Max Lopes e Joãosinho Trinta.

Com o lema "Nem melhor, nem pior, apenas uma escola diferente", Salgueiro jamais foi rebaixada do Grupo Especial e sua pior colocação ocorreu em 2006, com o 11º lugar.

  • Ano de Fundação: 1953
  • Presidente: Regina Celi
  • Rainha de Bateria: Viviane Araújo
  • Carnavalesco: Alex de Souza

Informação do Carnaval 2019

Grupo
Grupo Especial
Dia do Desfile
03/março
Hora do Desfile
00:30

Tema - Enredo

“Xangô”

Samba Enredo

Vai trovejar!!!
Abram caminhos pro grande Obá
É força, é poder, o Aláàfin de Oyó
“Oba Ko so!” ao Rei Maior
É pedra quando a justiça pesa
O Alujá carrega a fúria do tambor
No vento, a sedução (Oyá)
O verdadeiro amor (Oraiêiêô)
E no sacrifício de Obà (Obà Xi Obà)
Lá vem Salgueiro!


Mora na pedreira, é a lei na Terra
Vem de Aruanda pra vencer a guerra
Eis o justiceiro da Nação Nagô
Samba corre gira, gira pra Xangô


Rito sagrado, ariaxé
Na igreja ou no candomblé
A benção, meu Orixá!
É água pra benzer, fogueira pra queimar
Com seu oxê, “chama” pra purificar
Bahia, meus olhos ainda estão brilhando
Hoje marejados de saudade
Incorporados de felicidade
Fogo no gongá, salve o meu protetor
Canta pra saudar, Opanixé kaô!
Machado desce e o terreiro treme
Ojuobá! Quem não deve não teme


Olori XANGÔ eieô
Olori XANGÔ eieô
Kabesilé, meu padroeiro
Traz a vitória pro meu Salgueiro!

Ler mais